UM CONTRATEMPO (Contratiempo, 2017) | Crítica

Recentemente a NETFLIX tem se envolvido em polêmicas por adquirir direitos de distribuição de filmes independentes de sucesso em Festivais, gerando até  descontentamento de algumas pessoas que acusam a empresa de “enterrar esses filmes”. Há inclusive um podcast do pessoal do CINEM(AÇÃO) que debate o assunto com muita propriedade. Segue o link.

Dentro dessa categoria de filmes encontra-se alguns bons filmes com LITTLE SISTER, WIN IT ALL, SHIMMER LAKE, I DON’T FELL AT HOME IN THIS WORLD ANYMORE dentre outros. Mas desses filmes o que mais gostei foi o mais recente disponibilizado: UM CONTRATEMPO. No filme acompanhamos Adrián Doria (Mario Casas) um jovem e bem sucedido empresário que  contrata uma famosa advogada para inocenta-lo da acusação de ter assassinado sua amante, mas para que essa defesa seja eficaz a verdade precisa ser contada para então ela ser manipulada afim de inocentar o acusado.

O filme todo se estrutura nos flashbacks contado por Doria e questionado pela advogada  Virginia Goodman (Ana Wagener) que busca saber exatamente o que aconteceu naquela cena do crime. Tanto Doria quanto Virginia precisam confiar um no outro, e conforme a história avança, mais as mentiras vão se desdobrando e o roteiro que outrora parecia simples começa a ganhar complexidade.

Cada detalhe em tela é uma revelação em potencial, o que deixa o público angustiado em saber se aquilo que está sendo mostrado é uma pista ou não. UM CONTRATEMPO é um daqueles filmes de investigação que convida o espectador a participar da investigação e conjecturar o que realmente acontecera naquela noite. É um estilo fílmico que exige atenção aos diálogos e também à mis-en-scene que revelam informações valiosas no decorrer da história.

Detalhes na direção de arte revelam muito sobre nosso protagonista. O público precisa ficar atento.

Por estamos falando de um filme focado em flashbacks que vão se alternando conforme a “verdade” vai  sendo montada,  ficamos durante todo o filme sem saber exatamente o que acontecera, pois a verdade existente e a verdade contada se misturam a todo momento. E a cada alteração dessa realidade, novos elementos começam a surgir e nossas conjecturas começam a cair por terra.

O diretor e também roteirista do filme, Oriol Paulo usa-se de uma cinematografia escurecida e com cores frias para criar uma tensão no ar, assim como um figurino soturno que auxilia no clima tenso que o filme propõe. Mas novamente, quando falamos de histórias contadas e que não necessariamente são histórias verdadeiras, a cada alteração do que nos é apresentado, as atuação precisam acompanhar essa nova história, e tanto Mario Casas  (Doria) quanto Bárbara Lennie (sua amante) conseguem com extrema competência alterar sua interpretação em favor da história.

UM CONTRATEMPO é um filme difícil de falar pois qualquer informação dita de forma errada por estragar a experiência de quem o vai assistir. Um filme mistério por essência, que exige atenção e concentração do espectador para que ele não se perca no emaranhado de versões numa maneira bem criativa de simular um efeito Rashomon.

FICHA TÉCNICA

Direção: Oriol Paulo
Roteiro: Oriol Paulo
Fotografia: Xavi Giménez
Trilha Sonora: Fernando Velázquez
Ano: 2017
País: Espanha
Gênero: Mistério
Classificação: 12 anos
Duração: 106 min. / cor
Título Original: Contratiempo

Elenco: José Coronado, Ana Wagener, Bárbara Lennie, Mario Casas


Apaixonado por música tanto quanto por cinema, comecei a minha cinefilia com minha mãe indo ao cinema para ver os filmes dos Trapalhões e do Jean-Claude Van Damme. A paixão veio forte quando assisti a Jurassic Park, com toda aquela esplendor visual mesclado com a trilha de Johh Williams. Hoje com a ajuda do Spotify detenho uma playlist com todas as trilhas sonoras que me marcaram e me fazem amar o cinema cada dia mais. Minha trilha preferida? Do filme Uma Lição de Amor de 2011.


'UM CONTRATEMPO (Contratiempo, 2017) | Crítica' has 1 comment

  1. 1 de agosto de 2017 @ 01:27 cupom de desconto celular

    Obrigado.Eu aprecio o esforço colocado neste site e vai visitar aqui mais vezes.

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Images are for demo purposes only and are properties of their respective owners.
Old Paper by ThunderThemes.net