Dia do Podcast e a Formação dos Novos Cinéfilos

A definição padrão para a palavra cinéfilo é “aquele que ama o cinema como arte ou forma de lazer, que se interessa por sua evolução e suas realizações”. Ou seja, cinéfilos não são apenas críticos, estudiosos, professores ou jornalistas. Não é preciso estudar cinema para ser cinéfilo. Basta amar o cinema!

(Esse texto é uma atualização do texto que foi publicado em 08 de outubro de 2016)

 

Ao longo desses 120 anos de cinema, tivemos diversas gerações de cinéfilos, que cresciam proporcionalmente ao número de filmes lançados e à influência que esses causavam em suas vidas. A cada geração um nova formação de cinéfilos surgia com suas bases próprias.

Por exemplo, minha geração (que foi ao cinema pela primeira vez nos anos 90) tinha na TV Cultura uma fonte de conhecimento cinéfilo e para alguns poucos que conseguiam algum tipo de mesada a Revista SET. Durante muitos anos essas eram as principais formas que encontrávamos para saciar nossa sede de conhecimento cinéfilo. Mas se tem um lugar onde eu realmente aprendi muito sobre cinema foi nas videolocadoras! Sim, passava horas na locadora, discutindo com o atendente, que na minha cabeça era a pessoa que mais conhecia de cinema no mundo. Eram horas que gastávamos para escolher o filme que alugaria.

Pois bem, essa fase começou a mudar no início dos anos 2000 quando a TV Cultura se tornou cada vez menos presente em nossas casas e começamos a ser invadidos por blogs e sites de cinema. Nessa época eu ainda gostava de ler as críticas nos jornais que meu pai comprava, mas aos poucos fui migrando para a internet. Sites como o Cinema em Cena (falaremos mais dele ainda) foram se destacando com textos analíticos sobre diversos filmes. Ali uma geração de cinéfilos que não só viam o cinema como diversão mas também como arte começou a se popularizar. Mas era só o começo!

Em 2005 algo mágico acontece no Brasil. É organizada a primeira edição da Conferência Brasileira de Podcast (PodCon Brasil), primeiro evento brasileiro dedicado exclusivamente à mídia (caso você não saiba o que é podcast clique aqui antes de continuar a ler esse texto). Após essa conferência, muitos se interessaram pela mídia e começaram a surgir os primeiros projetos de podcasts que falavam sobre cinema, como o Nerdcast (Jovem Nerd e Azaghal) e o Rapaduracast (Jurandir Filho e equipe). Ambos surgiram em 2006, sendo o primeiro respectivamente um programa sobre assuntos diversos que incluíam cinema, e o segundo sim, voltado exclusivamente ao cinema. Aquilo foi o estopim para uma onda que viriam a chegar com força máxima à partir de 2011 com o surgimento do Podcast Cinema em Cena (Renato Silveira e equipe).

Uma nova formação de cinéfilos começava a surgir, tendo informações profundas sobre obras do cinema, que antes só estamos disponíveis para quem fazia faculdade de cinema ou que tivesse dinheiro para adquirir os caros livros que falavam sobre o tema. Passamos a estudar cinema por meio daqueles programas (a maioria semanais) de duração entre 60 e 120 minutos. Depois foram surgindo outros como Cinecast (Bruno Costa, Bruno Gunther e equipe), Cinem(ação) (Rafael Arinelli, Daniel Cury e Henrique Rizzato), Papricast (Marton Santos, Leonardo Santos e Jaison Mafra [ocasionalmente Elton Bandeira]), para citar apenas os que eu ouvia nessa época.

cecCada programa desses tinha sua própria maneira de falar de cinema, por exemplo o Cinema em Cena é o mais técnico e professoral de todos. São verdadeiras aulas de cinema que contava inclusive com uma professora de cinema, a Prof de Belas Artes da UFMG Ana Lúcia Andrade (olá). Famoso pelos programas sobre Grandes Diretores onde dissertava-se sobre a obras de grandes diretores como Billy Wilder, Scorsese, Kubrick, Almodóvar, Spielberg dentre muitos outros.

 

cinecast Já o Cinecast tinha uma proposta mais profunda, de filosofar sobre a obra. Sempre que tinham como convidado o Ilustrador Harald Stricker (por anda alias?) sabia-se que vinha muita filosofia, profundidade e reflexão. Cinecast também foi muito conhecido pelos programas sobre Grandes Filmes Cults, que tratavam de filmes menos comerciais mas nunca menos relevantes.

papricast

Papricast sem dúvida é o mais divertido de todos. Não se prendem muito as tecnicidades do cinema, levando o assunto para um lado do entretenimento e curiosidades, ainda que sempre de forma a respeitar a arte e promover um senso crítico aos ouvintes.

 

Um que cinemacaose diferencia pela proposta de entrevistas a diversos profissionais do cinema é o Cinem(ação) além de análises de filmes clássicos e lançamentos diversos, sempre com responsabilidade e diversidade. Esse tenho que encher a boca para falar pois como se não bastasse me ensinar muito sobre as profissões envolvidas na produção de um filme, tenho a honra e o prazer de fazer parte da equipe com textos e participações nas gravações de alguns programas.

Não vou falar individualmente de cada programa que ouço senão esse texto ficará enorme (não que já não esteja), mas é importante entender como essa mídia tem formado pessoas que apreciam o cinema como arte. Hoje é muito mais comum você encontrar pessoas discutindo os filmes de forma mais profunda, indo muito além do ‘gostei’, ‘achei boa as atuações’, ‘a fotografia do filme é bonita’. Não que ver o filme somente até essas camadas seja demérito, mas um filme tem tanto mais a oferecer, a ser discutido, a ser apreciado. E essa função de preparar o cinéfilo para que ele absorva esses conhecimentos que faz dessa mídia algo tão importante para essa nova geração de cinéfilos.

Essa função de “educação cinéfila” para o público que era quase que exclusiva do crítico de cinema e hoje é compartilhada com podcasters que num formato em áudio, muitas vezes conseguem prender mais a atenção do público, que cada dia que passa tem mais dificuldades em ler longos textos analíticos, mesmo sobre uma obra que ele goste muito.

Lógico que por se tratar de Internet é preciso ter um filtro para que se encontre coisas boas dentre um monte de bobagens que ouvimos e lemos por ai. Existem sim, muitos Canais de YouTube, Blogs, Sites e também podcasts sem conteúdo algum, sendo apenas opiniões vazias sem qualquer preocupação de formar novos cinéfilos e explorar o cinema e suas referências. Isso tem aos montes, mas cabe ao leitor / ouvinte encontrar o tipo de análise quer ler e ouvir. E existem sim pessoas que gostam de ver filmes mas não querem saber de estrutura narrativa, linguagem cinematográfica ou até mesmo a filosofia por trás de uma obra. E não há nada de errado com essas pessoas, pois elas não são obrigadas a encarar a arte como outros encaram. Só querem ver o filme e saber se você gostou ou não. Mas se você que está lendo esse texto não for uma dessas pessoas, então dê uma chance a esses podcasts, pois tenho certeza que seu conhecimento cinematográfico vai aumentar muito e você passará a ver os filmes que tanto amamos com outros olhos além de claro, conhecer outros tantos filmes que nunca ouvimos falar.

Mas infelizmente, muitos desses programas tem acabado por diversas razões, dentre elas a falta de incentivo. Programas excelentes como o Cinecast e o Podcast Cinema em Cena, recentemente tiveram suas atividades encerradas. Cada uma com seus motivos, mas o fato é que ficaram lacunas a serem preenchidas. Hoje existem centenas de programas sobre cinema, que com certeza contribuem e continuarão a contribuir para que novos cinéfilos que realmente amam o cinema e querem tirar o máximo de proveito dessa arte.

Devo todo meu conhecimento cinematográfico a esses profissionais que tenho como amigos, mesmo nunca tendo sequer visto fotos de muitos deles! Hoje graças a esses programas, tenho meu próprio podcast que criei com meus amigos, chamado Plano-Sequência, onde falamos sobre filmografia de grandes cineastas. Meu muito obrigado a cada um deles, e que essa mídia, mesmo diante de dificuldades nunca venha a morrer. Listarei nos comentários todos os podcasts de cinema que ouço hoje para que outras pessoas também possam aprender mais sobre cinema.

Forte abraço e bom cinema para todos!

 

Feito por Elas – Dedicada a falar sobre cineastas femininas é apresentada por Isabel Wittman, Angélica Hellish e Stephania Amaral.

Papricast – Humorístico que fala de filmes, série e até quadrinhos com muito humor e referências da cultura POP.

Cinem(ação) – Programa do qual tive a honra de participar, fala sobre os lançamentos no cinemas mas também promovem ótimas entrevistas com atores, diretores, produtores, compositores e outros profissionais que fazem o cinema acontecer.

Cine Alerta – Programa sobre filmes e séries que sempre buscam a reflexão e profundidade nas análises da obra.

Rapaduracast – Mais longevo podcast atualmente, é o mais popular e acessível por falar de muitos filmes blockbusters.

Cinema em Cena – Idealizado pelos críticos Renato Silveira e Pablo Villaça, esse Podcast é uma biblioteca de conteúdo cinematográfico. Infelizmente encerrou suas atividades recentemente, mas conta um acervo incrível sobre filmes e sobre grandes diretores.

Cinecast – Buscando sempre uma posição mais profunda e reflexiva, Cinecast também encerrou as atividades recentemente mas tem em seu acervo programas memoráveis como o sobre Amelie Poulan e sobre a trilogia Cavaleiro das Trevas.

cinematório-café – Podcast formado por Renato Silveira e Raquel Gomes que promove uma abordagem mais analítica e diversificada, cobrindo filmes clássicos, lançamentos, séries, entrevistas e filmografias.

Plano-Sequência – Falar do plano-sequência é uma alegria sem tamanho pois é um projeto pessoal que muito me orgulha. Nesse canal, falamos sobre a carreira de grandes cineasta do mundo todo, tendo seu primeiro programa analisado a carreira de Darren Aronofsky e no segundo a carreira de Lucia e Julia Murat.

Cinemático – Um dos caçulas da turma, o programa tem como host, Carlos Merigo do B9 e é focado em críticas de filmes recém lançados no cinema. O programa tem linguagem fácil e descontraída. Um prato cheio para quem está começando a ouvir podcasts.

Para concluir, farei algumas menções honrosas de programas nacionais e gringos.

  • BRASILEIROS

 

Cinema na Varanda: https://cinemanavaranda.com/category/podcast/

Filmes Clássicos: http://filmesclassicos.com.br/category/podcast/

O que Assistir: http://oqueassistir.com.br/category/podcast/

Oscarizando: http://www.podcastgarden.com/podcast/oscarizando

Spoilers Talk Show: http://www.b9.com.br/podcasts/spoilers/

As Mathildashttp://cinemacao.com/category/as-mathildas/

Sessão de Cinemahttp://m.cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/sessao-de-cinema/TIAGO-BELOTTI-SESSAO-DE-CINEMA.htm

Cronologia do Acasohttp://cronologiadoacaso.com.br/tag/podcast/

Masmorracasthttps://masmorracine.wordpress.com/category/podcast/masmorracast-podcast/

 

  • GRINGOS

Filmspotting: https://www.filmspotting.net/episodes/

The Frame: http://www.npr.org/podcasts/425115945/the-frame

The Next Picture Show: https://cms.megaphone.fm/channel/FLM2375047009

You Must Remember This: http://www.youmustrememberthispodcast.com/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *